Vulnerabilidade Arrítmica Aumentada e sua Relaçao com a Hipertensao Arterial

Vulnerabilidade Arrítmica Aumentada e sua Relaçao com a Hipertensao Arterial

Authors

  • Raimundo Carmona Puerta
  • Ebrey Leon Aliz
  • Alberto Morales Salinas

Keywords:

Marcadores Eletrocardiográficos, Hipertensao Arterial, Eletrocardiograma, Arritmias, Dispersao da Onda P.

Abstract

Introduçao: Foram propostos preditores de arritmias cardíacas utilizando eletrocardiografia; alguns deles inovadores. Nós nos propusemos a conhecer o estado de vulnerabilidade arrítmica em hipertensos mediante o uso de parâmetros eletrocardiográficos e sua relaçao com diversas variáveis. Material e Métodos: Estudo observacional analítico transversal. Foi utilizada uma amostra aleatória de 48 hipertensos, dos quais se registraram os dados clínicos e o eletrocardiograma e, por meio de calibrador digital manual, mediram-se: dispersao da onda P (dP), intervalo QT, dispersao do QT, T pico-T final (Tp-Te) e QRS; todos foram corrigidos por frequência cardíaca. Resultados: A dQTc ultrapassou o limite superior de normalidade (81 ms vs. 58 ms, pConclusoes: Os preditores de arritmias mais alterados foram dQTc e Tp-Te. Os marcadores relacionados com a repolarizaçao ventricular se correlacionam com a idade e o tempo de evoluçao da hipertensao e tensao arterial média, sendo que esta última também se correlacionou com a dPc. Existe vulnerabilidade arrítmica aumentada em nossos pacientes e isso se exacerba com a presença de HVE.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

17-10-2011

How to Cite

Puerta, . R. C., Aliz, . E. L., & Salinas, . A. M. (2011). Vulnerabilidade Arrítmica Aumentada e sua Relaçao com a Hipertensao Arterial: Vulnerabilidade Arrítmica Aumentada e sua Relaçao com a Hipertensao Arterial. JOURNAL OF CARDIAC ARRHYTHMIAS, 24(2), 96–105. Retrieved from https://jca.org.br/jca/article/view/2597

Issue

Section

Original Article